Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho 26, 2013

Aprenda a identificar as suas estrias

beleza Qual é o melhor tratamento para as estrias?Depende do seu tipo de estria. Aprenda a identificar as suas e veja o jeito certo de acabar com elas. A primeira coisa a ser observada é a cor da sua estria. As estrias vermelhas, mais recentes, são um pouco mais fáceis de ser tratadas.As brancas - que são as mais antigas - exigem tratamentos um pouco mais intensos ou mais longos. Estrias são como cicatrizes que se formam nas camadas mais profundas da pele. Elas aparecem quando a pele estica tanto que acaba se rompendo. Ou seja, quando você cresce ou engorda muito rápido. Se elas te incomodam muito, a hora certa de tratar é agora, já que os tratamentos estéticos exigem um tempo longe do sol. Observe a cor das suas estrias e veja como tratá-la: Estria vermelha O melhor tratamento é a combinação de carboxiterapia + peeling corporal ou laser fracionado + peeling corporal. "Dependendo do caso, pode ser feito a combinação com os três tratamentos", explica Jennifer Rocco, consultora …

pele no frio

Por que a pele resseca no frio?Entenda o problema e veja como evitá-lo
A razão é simples: no inverno, o tempo mais gelado e seco faz com que a pele perca água mais facilmente. Ficar em ambientes muito fechados ou com calefação muito forte ajuda nesse processo de ressecamento também. Mas dá pra garantir que sua pele continue bonita mesmo nessa época do ano. Para isso, é importante tomar alguns cuidados: - Evite tomar banhos muito longos e quentes e sempre use um sabonete neutro - Fuja das buchas e não se ensaboe demais. Esses dois hábitos retiram parte da oleosidade natural da pele - Use um bom hidratante depois do banho (essa opção é sempre melhor do que os óleos, pois hidratam mais) - Beba muita água - Siga usando o protetor solar e proteja a boca com batom com fator de proteção ou use uma manteiga de cacau O frio ainda favorece o aparecimento de alergias, como micoses (quando não se seca bem os dedos, por exemplo) e dermatites (que é quando a pele fica bem avermelhada). Se notar qualquer…

Dicas para seu filho dormir melhor

BEM ESTAR
Dra Ana Escobar
Três dicas para ajudar seu filho a dormir melhor:

1. Estabeleça rotinas para dormir e siga-as todos os dias, de preferencia no mesmo horário. Crianças sentem-se mais seguras e confortáveis quando sabem o que vai acontecer. Preparam-se “psicologicamente” para dormir. Devem saber o momento de ir para a cama. Esse é o primeiro passo.

2. Evite brincadeiras agitadas pelo menos 2 horas antes do horário de dormir. Há várias formas de exteriorizar o amor pelos filhos sem agitação. Contar histórias é uma delas. É um momento muito especial, onde aguçamos a imaginação e a inteligência das crianças, penetrando com elas em um mundo mágico de sonhos. Vale a pena!

3. É normal crianças terem medos. É o antigo “bicho –papão” que habita as cabecinhas em formação há séculos. Toma formas variadas ao longo dos anos: Lobo Mau ou Darth Vader, tanto faz. Trabalhe e procure elaborar estes medinhos ao longo do dia. Se precisar, peça ajuda profissional. nn

antibiótico e bebidas alcoólicas

BEM ESTAR
Dra Ana Escobar
Mito ou verdade: quem toma antibiótico não pode ingerir bebidas alcoólicas?
Para que os antibióticos produzam o efeito desejado, a quantidade administrada e o intervalo entre uma dose e outra são muito importantes. Assim como o álcool, a maioria dos antibióticos é metabolizada no fígado. Quando somamos antibiótico e bebida alcoólica, o fígado é obrigado a trabalhar muito mais. Por isso, se ingerirmos álcool junto com antibióticos, podemos ter alterações nos níveis do medicamento na corrente sanguínea e com isso não obtemos o efeito desejado. Portanto, é VERDADE: não se deve tomar antibióticos e álcool ao mesmo tempo.

doença respiratória Dra Ana Escobar

BEM ESTAR



Dra Ana Escobar
Três dicas para reconhecer a gravidade de uma doença respiratória:
1. Conte a frequência das respirações durante 1 minuto. Veja como é fácil: pegue um relógio e conte quantas vezes a pessoa respira em exatamente 1 minuto. Os valores normais são: adultos, até 25 respirações por minuto. Crianças maiores de 1 ano, devem ter até 30 respirações por minuto e bebês no máximo 50 a 60 respirações por minuto. Se alguém perto de você estiver com a respiração acelerada e curta, em valores superiores aos descritos, procure orientação médica.

2. Tire a blusa e observe o esforço que a pessoa faz para respirar. Não é difícil. Olhe exatamente em dois lugares. Primeiro, no pescoço bem embaixo do que popularmente chamamos de “gogó”. Segundo ponto: observe o movimento de respiração entre as costelas. Se estas duas regiões estiverem “afundando” durante a respiração, significa que a pessoa está com muita dificuldade para respirar. Não espere e procure ajuda médica imediatamente.

3. Peç…

10 mandamentos da qualidade de vida

QUALIDADE DE VIDA


Será que os 10 mandamentos da qualidade de vida podem mudar a nossa vida em algo de positivo ou negativo? Reflitam.