Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 25, 2013

DORES

GENGIBRE PARA DORES MUSCULARES O gengibre causa um efeito analgésico para as dores no corpo. Saiba como
Os compostos anti-inflamatórios e óleos voláteis do alimento têm efeitos analgésicos para dores musculares, segundo um estudo publicado no The Journal of Pain. Os cientistas concluíram isso após colocarem 74 adultos para fazer exercícios que causariam dores musculares. Durante 11 dias, eles comiam, diariamente, 2 g de gengibre ou um placebo. No final, os grupos que o consumiram mostraram reduções de 25% nas dores, passadas 24 horas dos exercícios. Porém, consumi-lo antes de se exercitar não traz impacto sobre a dor muscular. Os efeitos surgem um ou dois dias após a prática das atividades
.

doenças cardiovasculares , envelhecimento precoce,bem estar,saúde

BENEFÍCIOS DA RÚCULA A rúcula é antioxidante e ajuda no combate a doenças cardiovasculares e envelhecimento precoce. Confira mais benefícios da folha
Sabor Amargo e picante Propriedades Sua vitamina C turbina o sistema imunológico e reduz o risco de infecções. Além disso, estimula a cicatrização e é antioxidante, atuando contra doenças cardiovasculares e envelhecimento precoce. Ainda é rica em cálcio e ferro, combatendo quadros de anemia.


Melhores formas de preparo Como salada crua. Um maço serve quatro pessoas. A rúcula também pode ser incorporada ao recheio de sanduíches, tortas e massas. Melhores temperos Azeite de oliva, limão, shoyu, mostarda, sal, alho, cebola, salsa ou vinagre. Combinações possíveis Cai bem com tomate fresco ou seco, manga, chicória, agrião ou associada a queijos. “Para uma salada sofisticada, misture figo fresco e presunto de Parma, temperando apenas com vinagre balsâmico. No inverno, aposte no macarrão com tomates secos, ricota e azeite de oliva”, indica Cri…

alongamento-bem estar-saúde

ALONGAMENTOS PARA FLEXIBILIDADE DO CORPO
Aprenda a fazer alongamentos para combater incômodos musculares e diminuir dores das doenças crônicas
Ao contrário do que se imagina, o alongamento, além dos ganhos óbvios para a flexibilidade e a amplitude dos movimentos, trabalha a resistência muscular e envolve um gasto energético signifi cativo — até 300 kcal podem ser perdidas em uma hora de atividade! “O alongamento também ajuda a proteger articulações e até a própria musculatura de lesões e torções”, complementa o educador Sandro Veríssimo. Com o aumento da consciência corporal proporcionada pelo exercício, a postura tende a melhorar, assim como a coordenação motora, e os movimentos tornam-se mais ágeis. Quando combinado ao relaxamento, o alongamento potencializa sua ação redutora da ansiedade, do estresse e da fadiga. Frequência e duração mínima 3 vezes por semana, 60 minutos por dia. Cuidados Durante a prática, é importante respeitar os limites do seu corpo e parar de forçar o movimen…

sonhos -Por que sonhamos?-bem estar

Descubra como os sonhos acontecem
Durante o sono, tudo pode acontecer na nossa cabeça!
Embora os sonhos sejam um mistério até mesmo para os médicos que estudam o assunto, é comum dizer que eles são expressões desorganizadas do nosso cérebro. Os sonhos podem retratar fatos do nosso dia a dia, dúvidas, estados de espírito e desejos, tudo de forma misturada e bagunçada. Quem nunca teve sonhos sem nenhum sentido? Se você tiver ido à escola, fofocado com as amigas, brigado com seu irmão e esquecido a lição de casa, tudo isso pode acontecer no mesmo sonho, ainda que não exista nenhuma relação entre os fatos. Complexo, né?
Por que sonhamos? Acontece assim: enquanto estamos dormindo, passamos por cinco fases do sono. Na passagem de uma fase para a outra, nosso sono fi ca cada vez mais pesado. A última etapa é chamada de REM (em inglês, Rapid Eye Moviment, ou “Movimento Rápido dos Olhos”) e é bem profunda. Ela tem esse nome porque nossos olhos se movimentam bem rápido por debaixo das pálpebras…