Pular para o conteúdo principal

Como encontrar motivação-organização-objetivo

Como encontrar motivação-

Muitas, mas muitas pessoas mesmo me escrevem pedindo para falar sobre esse assunto. Elas não sabem como encontrar sua motivação para se tornarem organizadas, para trabalhar todos os dias, para viver a vida, enfim. Ontem eu li um trecho em um livro que me deu um estalo para escrever sobre isso aqui, e eu espero que o post ajude quem esteja passando por essa situação.
Não tem como alguém ter motivação se não tem um motivo muito forte para se engajar naquilo.
Posso dar o exemplo da motivação que uma pessoa tenha para estudar para passar em um concurso público.
Se essa pessoa simplesmente quer passar em um concurso porque acredita que seja uma boa opção, mas sem um motivo real, vai ficar difícil manter a motivação.
Da mesma forma, se você quer se organizar, mas não consegue encontrar motivação para isso, é porque você não tem um motivo real, muito menos um objetivo bem definido.
Por isso, se você hoje se sente sem motivação, eu gostaria de pedir que você pensasse e definisse os seguintes itens:
1 – Qual seu objetivo? Por que você precisa de motivação?
2 – Que motivo desencadeou a busca por esse objetivo?
Bem, no caso do concurso público, seu objetivo pode ser simplesmente ter tempo para estudar diariamente, pois precisa passar no concurso. Mas qual o motivo? Bem, você tem uma família e gostaria de ter uma estabilidade financeira melhor para sustentá-los sem problemas. Como está não dá para continuar. Esse é o seu motivo. E do motivo nasce a sua motivação.
Toda vez que você estiver com preguiça de estudar, você deve se lembrar do seu objetivo e do motivo que o levou até ele. Acredite em mim: será muito difícil não estudar tendo isso em mente.
Entra aqui a questão da boa-vontade também? Mas é claro, como tudo na vida. Porém, a boa-vontade não consegue nada se você não tiver um real motivo para fazer as coisas.
Por exemplo, sua casa pode estar um caos, e mesmo assim seu motivo não é forte o suficiente para arrumá-la? Oras, talvez porque suas prioridades realmente sejam outras. Então esqueça o assunto e toque sua vida. O que não é legal é você ter um motivo real (“meus filhos encontraram um rato na despensa, no meio da bagunça” ou “perco 40 minutos todos os dias de manhã sem encontrar uma roupa limpa para me vestir”) e mesmo assim não tomar uma providência.
Toda vez que pensar em não fazer alguma atividade ou tarefa relacionada ao objetivo que você definiu lá em cima, lembre-se do seu motivo. O seu motivo deve ser forte, e só você pode definí-lo. Se o motivo for certeiro, sua motivação sairá de dentro de você naturalmente, sem deixar chance para a procrastinação.
Exercite e depois me conte se deu certo. Comigo funciona e eu espero que com você também.
Boa sorte.

Postagens mais visitadas deste blog

DESENHO DE BONECAS-MENINAS-IMAGENS

DESENHO DE BONECAS-MENINAS-IMAGENS-





























































atores (delícias!)

CELEBRIDADES
Descamisados: atores (delícias!) tiram a camisa em nome de seus personagens no cinema
Rodrigo Santoro Claro que não poderia faltar uma beleza nacional, pois não só de tanquinhos gringos é feito o cinema. Rodrigo encantou a mulherada (e Cameron Diaz) no filme "As Panteras Detonando".

Kellan Lutz
Ele é mais que um rostinho bonito. É também um corpaço lindo. Essa outra delícia da saga "Crepúsculo" tira a camisa em cenas do longa épico "Imortais". E aguardem que vem mais por ai! Em 2014 ele será a estrela de "Hércules".











Justin Timberlake Com mais fama de bom moço do que de gostosão, no filme "Amizade Colorida" Justin mostra que pode arrancar mais que boas risadas de Mila Kunis. Com o torso bem definido, a gente não duvida!
















poemas-frases-pensamentos-Síndrome do Pânico

poemas-frases-pensamentos
Síndrome do Pânico

Vamos, não chores.
A infância está perdida.
A mocidade está perdida.
Mas a vida não se perdeu.

O primeiro amor passou.
O segundo amor passou.
O terceiro amor passou.
Mas o coração continua.

Perdeste o melhor amigo.
Não tentaste qualquer viagem.
Não possuis carro, navio, terra.
Mas tens um cão.

Algumas palavras duras,
em voz mansa, te golpearam.
Nunca, nunca cicatrizam.
Mas, e o humor?

A injustiça não se resolve.
À sombra do mundo errado
murmuraste um protesto tímido.
Mas virão outros.

Tudo somado, devias
precipitar-te, de vez, nas águas.
Estás nu na areia, no vento...
Dorme, meu filho.

Carlos Drummond de Andrade

(Via Geraldo Magno)