Pular para o conteúdo principal

BEM ESTAR

BEM ESTAR

O QUE CAUSA SONOLÊNCIA


Aquele sono durante o dia pode ser sinal de hábitos alimentares pouco saudáveis. Saiba todos os motivos que causam a sonolência

cafeína atua como estimulante do sistema nervoso centralPorém, o consumo excessivo e
crônico da cafeína faz com que o organismo acostume-se com ela. Dessa forma, quando deixa
de bebê-la, o indivíduo pode sentir-se sonolento. Ilustração: Luiz Lentini 
Aquele sono diurno pode ser sinal de hábitos alimentares pouco saudáveis, bem como de distúrbios sérios nos sistemas respiratório e hormonal. Confira abaixo os motivos que causam a sonolência:
Demoro para adormecer e sinto sono no dia seguinte
Você pode estar sofrendo de insônia, sintoma cuja causa varia de problemas físicos, passando por ansiedade e estresse, à falta de “higiene do sono”. Neste último caso, é preciso criar um ambiente de repouso livre de ruídos e pouco iluminado, bem como evitar o consumo de bebidas alcoólicas à noite.
É acompanhada de prisão de ventre
É possível que seja um quadro de hipotireoidismo. Trata-se de um distúrbio hormonal que torna ometabolismo muito mais lento. Outros sinais relacionados ao problema são: pulsação lentaface inchada e voz rouca. Se não tratado, pode acarretar anemia e até insuficiência cardíaca.

Reclamam que eu ronco demais à noite

Há uma grande possibilidade de ser apneia obstrutiva do sono. É uma síndrome causada pela obstrução das vias aéreas superiores. Enquanto dorme, o portador é acometido de pausas repetidas na respiração. Por conta disso, ele não consegue atingir o sono reparador e acaba sofrendo de cansaço sono excessivo durante o dia. Sabe-se que o hábito de fumar e o consumo exagerado de álcool podem agravar o quadro.

Comecei a ter a sensação depois que engordei muito

obesidade está diretamente relacionada à apneia obstrutiva do sono, pois o acúmulo de gordura na região cervical ajuda a obstruir as vias respiratórias. O hipotireoidismo é outra complicação que resulta tanto em ganho de peso quanto em sonolência.

Aparece quando eu não bebo café

cafeína atua como estimulante do sistema nervoso central. Por conta disso, muitas pessoas utilizam bebidas à base dessa substância para ficar acordadas. Porém, o consumo excessivo ecrônico da cafeína faz com que o organismo acostume-se com ela. Dessa forma, quando deixa de bebê-la, o indivíduo pode sentir-se sonolento.

Surgiu depois que comecei a tomar um medicamento

Quando administrados em dosagem incorreta, alguns remédios causam sonolência diurna. É o caso dos hipnóticos e antidepressivos. Além disso, muitos fármacos são metabolizados pelo fígado ou pelos rins. Problemas nesses órgãos fazem com que as substâncias circulem no corpo por mais tempo, o que desencadeia o incômodo.

Postagens mais visitadas deste blog

DESENHO DE BONECAS-MENINAS-IMAGENS

DESENHO DE BONECAS-MENINAS-IMAGENS-





























































atores (delícias!)

CELEBRIDADES
Descamisados: atores (delícias!) tiram a camisa em nome de seus personagens no cinema
Rodrigo Santoro Claro que não poderia faltar uma beleza nacional, pois não só de tanquinhos gringos é feito o cinema. Rodrigo encantou a mulherada (e Cameron Diaz) no filme "As Panteras Detonando".

Kellan Lutz
Ele é mais que um rostinho bonito. É também um corpaço lindo. Essa outra delícia da saga "Crepúsculo" tira a camisa em cenas do longa épico "Imortais". E aguardem que vem mais por ai! Em 2014 ele será a estrela de "Hércules".











Justin Timberlake Com mais fama de bom moço do que de gostosão, no filme "Amizade Colorida" Justin mostra que pode arrancar mais que boas risadas de Mila Kunis. Com o torso bem definido, a gente não duvida!
















poemas-frases-pensamentos-Síndrome do Pânico

poemas-frases-pensamentos
Síndrome do Pânico

Vamos, não chores.
A infância está perdida.
A mocidade está perdida.
Mas a vida não se perdeu.

O primeiro amor passou.
O segundo amor passou.
O terceiro amor passou.
Mas o coração continua.

Perdeste o melhor amigo.
Não tentaste qualquer viagem.
Não possuis carro, navio, terra.
Mas tens um cão.

Algumas palavras duras,
em voz mansa, te golpearam.
Nunca, nunca cicatrizam.
Mas, e o humor?

A injustiça não se resolve.
À sombra do mundo errado
murmuraste um protesto tímido.
Mas virão outros.

Tudo somado, devias
precipitar-te, de vez, nas águas.
Estás nu na areia, no vento...
Dorme, meu filho.

Carlos Drummond de Andrade

(Via Geraldo Magno)