Pular para o conteúdo principal

SAUDE-AUTOMASSAGEM-RESPIRAÇÃO

PASSO-A-PASSO DE RESPIRAÇÃO E AUTOMASSAGEM


Exercícios simples ajudam a integrar as técnicas simultaneamente

 
Nós respiramos automaticamente, sem prestar atenção aos movimentos de nossa respiração e nem nos músculos envolvidos neste processo. Mas ao contrário do que parece, o ato de respirar pode influenciar nosso estado físico e emocional. Afinal, quem nunca escutou o conselho "respire fundo", quando estava nervoso ou tenso? Além disso, algumas técnicas de respiração podem otimizar os efeitos da automassagem ou Do-In, que servem para minimizar alguns problemas de saúde.
Por isso, ao praticar a automassagem é importante prestar atenção à respiração. A ideia é que a pressão em determinados pontos do corpo esteja sincronizada com os movimentos respiratórios. Isso permite que o fluxo de energia flua adequadamente através dos nossos meridianos, restabelecendo o equilíbrio e a saúde. Aprenda nas próximas páginas a respirar corretamente e integrar a técnica à automassagem.
 

ENTENDENDO A RESPIRAÇÃO

Antes de aprender os exercícios, é importante entender o que acontece durante a respiração, para que então possamos exercitá-la corretamente e nos beneficiarmos da prática. E para isso também é necessário ter um breve conhecimento anatômico do corpo. Veja abaixo como funciona.
Entre o tórax e o abdômen existe um músculo chamado diafragma, cuja função é controlar os movimentos respiratórios e separar as cavidades torácica e abdominal. A cada movimento de inspiração o diafragma se contrai, diminuindo a pressão intratorácica e comprimindo as vísceras abdominais, o que faz com que o ar entre nos pulmões.
Quando o diafragma relaxa, ele descomprime as vísceras abdominais, permitindo que o abdômen se contraia para dentro e com isso aumente a pressão intratorácica, fazendo com que o ar seja expulso dos pulmões. Esta é a chamada respiração diafragmática e é a respiração com a qual todos nós iniciamos nossas vidas. É fácil identificá-la nos bebês, quando vemos suas barriguinhas subindo e descendo.
Porém, com o avanço da idade e de fatores como o uso de roupas muito justas, ansiedade, medos, correria do dia a dia e emoções descontroladas, passamos a não utilizar mais o diafragma e tornamos nossa respiração torácica, ou seja, passamos a respirar somente com a parte alta dos pulmões. Essa respiração errada traz para o corpo tensões e cria-se um círculo vicioso: quanto mais tensão, mais utilizamos a respiração torácica. E quanto mais a utilizamos, criamos ainda mais tensão.
É importante compreender que a respiração feita pelo diafragma é profunda e completa. E quando temos consciência dela, o corpo responde de forma positiva, relaxando, aliviando o estresse, a tensão e a ansiedade, reequilibrando assim o fluxo energético e devolvendo o estado de saúde ao corpo.
 

CURIOSIDADES SOBRE RESPIRAÇÃO E DO-IN

Os yogis (pessoas que praticam Yoga) aprendem que a respiração (prana) é uma parte muito importante para controlar o fluxo de energia no corpo. E que os exercícios de respiração (pranayama) têm como objetivo aquietar a mente e trazer o equilíbrio das emoções, criando assim um corpo saudável. Eles acreditam que enquanto a respiração for irregular a mente permanecerá desestabilizada. Mas quando a respiração se regularizar, então a mente se acalmará e se estabilizará, trazendo equilíbrio ao corpo.
Já o Do-In é uma técnica chinesa de automassagem praticada há mais de cinco mil anos, que tem como base os meridianos do corpo. Nestes meridianos existem pontos específicos (os mesmos da acupuntura), que quando pressionados com as pontas dos dedos promovem o reequilíbrio do corpo através do realinhamento energético. Dependendo de como a energia se apresenta nestes pontos, eles deverão ser sedados ou tonificados, ou seja, nos casos de distúrbios do organismo causados por excesso de energia (inflamações, aquecimento, dores) é preciso sedar o ponto de dois a cinco minutos. Já se o distúrbio for causado pela falta de energia (hipotensão, suor frio, inchaços) é necessário tonificar o ponto, também de dois a cinco minutos.

 

PASSO A PASSO DE EXERCÍCIOS DE RESPIRAÇÃO

Veja abaixo algumas técnicas básicas de exercícios respiratórios (pranayamas) que vão auxiliar a prática do Do-In. É importante manter a coluna ereta durante todos os procedimentos.
Vale lembrar que todas as técnicas descritas devem ser feitas antes do início da automassagem. Durante a aplicação do Do-In basta realizar apenas a respiração completa: inspirando e expirando lenta e profundamente, sentindo todas as partes envolvidas distenderem e contraírem. Isso relaxará o corpo, reequilibrará as energias e devolverá o estado de saúde ao indivíduo.
Primeiramente, faça cada respiração separadamente, até tomar consciência das partes utilizadas para realizar a respiração completa corretamente.
Respiração Abdominal ou baixa
  • Sentado ou deitado, mantenha a coluna reta e deixe a barriga relaxada. Inspire (puxando o ar para dentro) e sinta a barriga enchendo e sendo projetada para fora. Depois expire (jogue o ar para fora) e sinta a barriga desinchando e sendo contraída para dentro.
  • Repita estes movimentos de 3 a 5 vezes.
Respiração Média
  • Sentado ou deitado, coloque as mãos nas costelas. Inspire e sinta-as distendendo. Depois expire e sinta-as se fechando.
  • Repita os movimentos de 3 a 5 vezes.
Respiração Alta
  • Sentado ou deitado, leve as mãos às clavículas. Sinta os ombros indo para cima ao inspirar e depois indo para baixo, ao expirar. Os ombros se elevam e abaixam naturalmente durante os movimentos de inspiração e expiração, não force-os.
  • Repita os movimentos de 3 a 5 vezes.
Respiração Completa
  • Chegou a hora de integrar todos os exercícios de respiração para exercitar a técnica de forma completa. Sentado ou deitado, una as três fases acima: abdominal, média e alta. Ou seja, inspire projetando a barriga para fora, expandindo as costelas e inflando o peito. Expire contraindo na ordem inversa: primeiro desinche o peito, depois contraia as costelas e por último contraia a barriga.
  • Repita os movimentos de 3 a 5 vezes.

Depois de treinar as respirações separadamente e conseguir realizar a respiração completa, confira nas próximas páginas alguns pontos do Do-In que podem ser trabalhados juntamente com esta respiração.
 

PARA MINIMIZAR ANGÚSTIA, ANSIEDADE, IRRITAÇÃO, PRESSÃO ALTA OU TAQUICARDIA

Com o polegar direito, pressione o ponto correspondente ao meridiano do coração, localizado no pulso esquerdo. Esse ponto fica localizado na dobra da mão com o pulso. Para localizá-lo com exatidão, meça uma polegada para a direita, a partir do meio do pulso. Ele deverá ser sedado, ou seja, pressionado ininterruptamente por dois minutos. Descanse por um minuto e repita mais uma vez o procedimento.


 

PARA DIMINUIR A TENSÃO

Com a ponta do dedo indicador, pressione o ponto correspondente ao meridiano da vesícula biliar localizado na parte de trás das costas, dois dedos abaixo da base do pescoço. Encontre a parte mais mole entre o músculo e o osso do ombro, tanto do lado direito quanto do lado esquerdo do corpo. Este ponto deve ser tonificado, ou seja, pressionado como se estivesse sendo bombeado por dois minutos. Descanse por um minuto e repita mais uma vez o procedimento.

 

PARA REDUZIR A SONOLÊNCIA

Coloque o polegar direito em cima da unha do dedão do pé direito, no ponto localizado no canto interno (região próxima à cutícula, do lado direito da unha). Este ponto deve ser sedado, ou seja, pressionado ininterruptamente por dois minutos. Descanse durante um minuto e repita mais uma vez o procedimento.

 

RESPIRAÇÕES PARA EQUILIBRAR O CORPO

Além da automassagem e dos exercícios de respiração aprendidos anteriormente, também é possível colocar em prática outras técnicas respiratórias para alinhar os chakras, limpar e recarregar o corpo. Estas respirações devem ser feitas quando você sentir um "peso nos ombros" ou sempre que achar necessário. Basta encontrar um lugar confortável.
Respiração dos chakras
Sentado ou deitado, inspire pelo nariz e expire pela boca. Faça sete respiraçãoes completas (inspiração e expiração) e, enquanto faz os movimentos, coloque a mão direita sobre cada chakra e visualize-os com suas cores correspondentes:
  • 1Chakra Básico - cor vermelho
  • 2Chakra Umbilical - cor laranja
  • 3Chakra Plexo Solar - cor amarelo
  • 4Chakra Cardíaco - cor verde
  • 5Chakra Laríngeo - cor azul turquesa
  • 6Chakra Frontal - cor azul índigo
  • 7Chakra Coronário - cor violeta
Esta respiração eleva a energia do corpo e ativa os chakras, permitindo o alinhamento deles.
Respiração de limpeza
Sentado ou deitado, inspire profundamente pelo nariz e expire devagar pela boca. Esta técnica ajuda a renovar a energia, movendo o que está pesado e recarregando a energia vital (prana). Repita os movimentos de 5 a 10 vezes.
Respiração de recarga
Sentado ou deitado, afaste as pernas na direção dos ombros e inspire e expire rapidamente pelo nariz. Sinta o ar entrando e saindo pelas narinas e deixe o corpo balançar junto aos movimentos. Isto permite a ativação dos chakras, o aumento do fluxo sanguíneo e da vitalidade, além da limpeza das fossas nasais.
Boa prática!


VISITE MEU BLOG
DEIXE SEU COMENTÁRIO.....BJOS


tumblr_mfsv9zbxLG1r1r78ao1_1280

Postagens mais visitadas deste blog

DESENHO DE BONECAS-MENINAS-IMAGENS

DESENHO DE BONECAS-MENINAS-IMAGENS-





























































atores (delícias!)

CELEBRIDADES
Descamisados: atores (delícias!) tiram a camisa em nome de seus personagens no cinema
Rodrigo Santoro Claro que não poderia faltar uma beleza nacional, pois não só de tanquinhos gringos é feito o cinema. Rodrigo encantou a mulherada (e Cameron Diaz) no filme "As Panteras Detonando".

Kellan Lutz
Ele é mais que um rostinho bonito. É também um corpaço lindo. Essa outra delícia da saga "Crepúsculo" tira a camisa em cenas do longa épico "Imortais". E aguardem que vem mais por ai! Em 2014 ele será a estrela de "Hércules".











Justin Timberlake Com mais fama de bom moço do que de gostosão, no filme "Amizade Colorida" Justin mostra que pode arrancar mais que boas risadas de Mila Kunis. Com o torso bem definido, a gente não duvida!
















poemas-frases-pensamentos-Síndrome do Pânico

poemas-frases-pensamentos
Síndrome do Pânico

Vamos, não chores.
A infância está perdida.
A mocidade está perdida.
Mas a vida não se perdeu.

O primeiro amor passou.
O segundo amor passou.
O terceiro amor passou.
Mas o coração continua.

Perdeste o melhor amigo.
Não tentaste qualquer viagem.
Não possuis carro, navio, terra.
Mas tens um cão.

Algumas palavras duras,
em voz mansa, te golpearam.
Nunca, nunca cicatrizam.
Mas, e o humor?

A injustiça não se resolve.
À sombra do mundo errado
murmuraste um protesto tímido.
Mas virão outros.

Tudo somado, devias
precipitar-te, de vez, nas águas.
Estás nu na areia, no vento...
Dorme, meu filho.

Carlos Drummond de Andrade

(Via Geraldo Magno)