Pular para o conteúdo principal

busque - ajuda.- atitudes- autoestima -bem estar




7 atitudes que você deve tomar para não ser manipulada

Chantagem, pressão, drama... Saiba como evitar as artimanhas dos manipuladores de plantão.

Em casos de chantagem emocional, seja firme e não ceda. Se as ameaças forem sérias, busque ajuda.

Tem gente que consegue fisgar seu "sim" fazendo-a se sentir culpada? Chega disso! Você não pode sair prejudicada só porque a pessoa se faz de coitadinha, mente para colocá-la em uma saia justa ou faz ameaças. Abaixo, listamos sete frases muito usadas pelos manipuladores de plantão e damos dicas para você se livrar delas com firmeza e segurança.

1. "Tenha dó de mim..."
"Pessoas com autoestima baixa tendem a apelar para isso", alerta o psicólogo Yuri Busin. Por isso, diga: "Peça como um adulto e verei se posso ajudar". Mesmo com aperto no coração, não ceda. Mostre que a solução está nas mãos da pessoa - e não nas suas!
2. "A culpa é sua!"
A estratégia mais fácil, para quem não quer se responsabilizar, é culpar o outro. Deixe claro que não adianta jogar nas suas costas, pois você não assumirá o erro alheio.
3. "Se me abandonar, sou capaz de tudo"
"A chantagem emocional é perigosa. Quanto mais você cede, mais fica dependente do parceiro", diz Busin. E o que fazer, então? Pergunte na cara dura: "Está me chantageando? Assim, nossa relação não vai durar". Se as ameaças forem sérias, registre um boletim de ocorrência e procure ajuda.
4. "Você é incompetente"
Há quem pise nos outros para se sentir bem. Para fugir de gente assim, não incorpore críticas sem fundamento e responda à provocação com firmeza: "É mesmo? Não concordo!" Se acontecer no ambiente profissional, vale buscar orientação no RH da sua empresa.
5. "Vai, diz que sim..."
Fale na lata que está se sentindo pressionada e não aceita isso. Para encerrar a discussão, diga que vai avaliar com calma e use a máxima da vovó: "Tudo tem seu tempo".
6. "Eu nunca disse isso!"
O cinismo é um mecanismo de defesa. Para desmascarar quem mente, diga que prestou atenção a tudo o que foi dito e recapitule. Se mais alguém participou da conversa, chame a pessoa para passar a limpo. Vale para o trabalho e para a vida pessoal.
7. "Diz isso por você"
Para conseguir o que querem, os manipuladores também podem ser meigos. É uma maneira de ganhá-la. Corte o mal pela raiz. Agradeça, mas informe que foi desnecessário. Deixe claro que suas escolhas e decisões não vão mudar por causa disso.

Postagens mais visitadas deste blog

DESENHO DE BONECAS-MENINAS-IMAGENS

DESENHO DE BONECAS-MENINAS-IMAGENS-





























































atores (delícias!)

CELEBRIDADES
Descamisados: atores (delícias!) tiram a camisa em nome de seus personagens no cinema
Rodrigo Santoro Claro que não poderia faltar uma beleza nacional, pois não só de tanquinhos gringos é feito o cinema. Rodrigo encantou a mulherada (e Cameron Diaz) no filme "As Panteras Detonando".

Kellan Lutz
Ele é mais que um rostinho bonito. É também um corpaço lindo. Essa outra delícia da saga "Crepúsculo" tira a camisa em cenas do longa épico "Imortais". E aguardem que vem mais por ai! Em 2014 ele será a estrela de "Hércules".











Justin Timberlake Com mais fama de bom moço do que de gostosão, no filme "Amizade Colorida" Justin mostra que pode arrancar mais que boas risadas de Mila Kunis. Com o torso bem definido, a gente não duvida!
















poemas-frases-pensamentos-Síndrome do Pânico

poemas-frases-pensamentos
Síndrome do Pânico

Vamos, não chores.
A infância está perdida.
A mocidade está perdida.
Mas a vida não se perdeu.

O primeiro amor passou.
O segundo amor passou.
O terceiro amor passou.
Mas o coração continua.

Perdeste o melhor amigo.
Não tentaste qualquer viagem.
Não possuis carro, navio, terra.
Mas tens um cão.

Algumas palavras duras,
em voz mansa, te golpearam.
Nunca, nunca cicatrizam.
Mas, e o humor?

A injustiça não se resolve.
À sombra do mundo errado
murmuraste um protesto tímido.
Mas virão outros.

Tudo somado, devias
precipitar-te, de vez, nas águas.
Estás nu na areia, no vento...
Dorme, meu filho.

Carlos Drummond de Andrade

(Via Geraldo Magno)