Pular para o conteúdo principal

yoga-dores nas costas-corpo-bem estar-saúde

6 posturas de yoga para aliviar dores nas costas

posturas-yoga-aliviar-dor-nas-costas
Praticar yoga não é simplesmente alongar o corpo e aprender a relaxar. Os asanas ou posturas de yoga permitem atingir umaconsciência maior do corpo e entender melhor a razão das dores esofrimentos que sentimos no dia a dia.
Descubra uma sequência de 6 posturas de yoga para aliviar dores nas costas, ganhar mais equilíbrio e concentração. Um verdadeiro tratamento para o corpo e a mente. Vamos lá!

Majaryásana ou postura do gato

Esta postura de yoga tem a vantagem de alongar a parte frontal do tronco, costaspescoço e faz uma massagem suave na coluna e nosórgãos abdominais. São movimentos simples que podem ser praticados por qualquer pessoa. Porém, se sentir desconforto na coluna, faça com maior suavidade.
postura-do-gato-majaryásana
1- Acomode-se na posição de quatro apoios, joelhos paralelos na largura do quadril, mãos paralelas na largura dos ombros e o dorso dos pés no chão.
2- Inspire, e ao expirar movimente a coluna arredondando as costas, projetando o umbigo para cima e ao mesmo tempo a cabeça e o cóccix para baixo.
3- Inspire fazendo o movimento oposto, direcione o umbigo para baixo, a cabeça e o cóccix para cima.
4- Continue inspirando e expirando de forma suave e profunda executando estes dois movimentos por volta de 10 respirações. Cuide para que o movimento aconteça de forma suave, no ritmo da sua respiração, e lembre-se de expirar esvaziando bem os pulmões.
5- Finalize sentando nos calcanhares na postura da criança ou Balasana, alongando o dorso, descansando. É uma boa opção para conectar-se consigo mesma, respire e permaneça assim por um tempo confortável.

Tadasana ou postura da palmeira

Esta postura da yoga descongestiona os nervos da coluna vertebral, trabalha o equilíbrio e a concentração.
postura-da-palmeira-tadasana
1- Fique de pé.
2- Deixe os pés um pouco afastados.
3- Sinta seu equilíbrio, respire suavemente.
4- Imagine um ponto no topo da sua cabeça entre as orelhas com um fio invisível que puxa para cima, alongue sua coluna e respire.
5- Fixe o olhar num ponto a frente e mantenha-o neste ponto.
6- Inspire subindo as mãos com os braços estendidos para frente e para o alto, ao mesmo tempo, fique nas pontas dos pés.
7- Mantenha a postura respirando profundamente por um tempo confortável.
8- Inspire profundamente e ao expirar volte os calcanhares e os braços à posição inicial. Relaxe.

Ardha Matsyendrasana

Este asana alivia as dores nas costas e melhora o funcionamento dos órgãos internos.
postura-ardha-matsyendrasana
1- Sente-se com as pernas estendidas e acomode os ísquios no chão, puxando a pele dos glúteos para trás.
2- Mantenha a coluna alinhada.
3- Flexione o joelho direito e passe o pé direito sobre a perna esquerda estendida, deixando a planta do pé no chão ao lado da perna esquerda.
4- Abrace o joelho direito com o braço esquerdo girando o corpo como quem quer olhar algo atrás e apoie a mão direita no chão próximo do quadril, mantendo o alinhamento da sua coluna.
5- Mantenha o olhar no canto dos olhos ou feche os olhos e respire profundamente.
6- Fique na postura por aproximadamente 10 respirações, sempre respeitando o seu corpo e seus limites.
7- Volte a estender as duas pernas e repita para o outro lado mantendo o mesmo tempo de permanência na postura.

Sethu Bandasana ou postura da meia ponte

Esta postura de yoga fortalece a região abdominal lombar e promove a maior flexibilidade da coluna.
postura-da-meia-ponte-sethu-bandasana
1- Deite-se com as costas no chão, flexionando os joelhos.
2- Posicione os calcanhares perto dos glúteos.
3- Deixe os braços ao lado do corpo com as palmas das mãos para baixo.
4- Inspire e direcione o umbigo para cima elevando o quadril.
5- Sinta o peso nas escápulas, próximo dos ombros.
6- Mantenha-se na postura por um tempo confortável.
7- Se preferir, expire descendo o corpo e inspire elevando o quadril novamente e repita algumas vezes o movimento junto com a respiração.
8- Respirando de forma suave, inspire e suba o quadril, expire e volte as costas para o chão.

Pavamuktasana ou postura do caramujo

 Este asana alonga a região lombar e estimula a liberação de gases.
postura-do-caramujo-pavamuktasana
1- Deitado com as costas no chão relaxe.
2- Inspire e ao expirar abrace as pernas flexionadas e eleve a cabeça em direção aos joelhos.
3- Mantenha-se por um tempo confortável.
4- Volte a cabeça, relaxe as pernas e os braços.

Rotação da coluna deitada

Esta postura auxilia na descompressão dos espaços intervertebrais.
postura-de-yoga-dor-nas-costas
1- Com as costas no chão, abrace os joelhos.
2- Mantendo os joelhos na posição anterior abra os braços em cruz apoiados sobre o chão.
3- Deixe os joelhos irem em direção da mão direita.
4- Pode segurá-los com a mão direita.
5- Deixe a cabeça virada para o lado esquerdo.
6- Permaneça respirando profundamente durante um tempo confortável: entre 5 a 10 respirações.
7- Volte os joelhos e abrace-os trazendo em direção ao peito.
8-  Abra os braços em cruz e repita para o lado esquerdo.
Nossa dica: Para aliviar as dores, é aconselhável repetir essa sequência de posturas pelo menos uma vez por semana.

Postagens mais visitadas deste blog

DESENHO DE BONECAS-MENINAS-IMAGENS

DESENHO DE BONECAS-MENINAS-IMAGENS-





























































atores (delícias!)

CELEBRIDADES
Descamisados: atores (delícias!) tiram a camisa em nome de seus personagens no cinema
Rodrigo Santoro Claro que não poderia faltar uma beleza nacional, pois não só de tanquinhos gringos é feito o cinema. Rodrigo encantou a mulherada (e Cameron Diaz) no filme "As Panteras Detonando".

Kellan Lutz
Ele é mais que um rostinho bonito. É também um corpaço lindo. Essa outra delícia da saga "Crepúsculo" tira a camisa em cenas do longa épico "Imortais". E aguardem que vem mais por ai! Em 2014 ele será a estrela de "Hércules".











Justin Timberlake Com mais fama de bom moço do que de gostosão, no filme "Amizade Colorida" Justin mostra que pode arrancar mais que boas risadas de Mila Kunis. Com o torso bem definido, a gente não duvida!
















poemas-frases-pensamentos-Síndrome do Pânico

poemas-frases-pensamentos
Síndrome do Pânico

Vamos, não chores.
A infância está perdida.
A mocidade está perdida.
Mas a vida não se perdeu.

O primeiro amor passou.
O segundo amor passou.
O terceiro amor passou.
Mas o coração continua.

Perdeste o melhor amigo.
Não tentaste qualquer viagem.
Não possuis carro, navio, terra.
Mas tens um cão.

Algumas palavras duras,
em voz mansa, te golpearam.
Nunca, nunca cicatrizam.
Mas, e o humor?

A injustiça não se resolve.
À sombra do mundo errado
murmuraste um protesto tímido.
Mas virão outros.

Tudo somado, devias
precipitar-te, de vez, nas águas.
Estás nu na areia, no vento...
Dorme, meu filho.

Carlos Drummond de Andrade

(Via Geraldo Magno)