sexta-feira, setembro 06, 2013

Yoga-meditação-saúde-bem estar

Yoga: posturas para ativar os chacras em 20 minutos

Por meio de sete posturas da yoga, é possível avivar os centros de energia do corpo, garantindo mais disposição e equilíbrio para encarar o dia a dia.


yoga-postura-ativar-chacras
Ao executar a postura, respeite seu limite. Faça cinco respirações, expirando lentamente. No final da sequência, deite-se por 5 minutos.
Chacra muladhara. Cor: vermelho. Localização: base da coluna. Órgãos que rege: ovário e testículos. Áreas da vida em que atua: dinheiro, segurança e sobrevivência. Postura: paschimottanasana, ou posição da pinça. Com as coxas contraídas, sinta as pernas firmes no chão. Leve então a barriga e o peito em direção aos joelhos, esticando a cabeça como se ela fosse tocar os pés. Tente manter as costas neutras, focando o alongamento na parte de trás da coxa.
Chacra svadhisthana. Cor: laranja. Localização: região pubiana. Órgãos que rege: gônadas e nervos sacrais. Áreas da vida em que atua: sexualidade e criatividade. Postura: setu bandha sarvangasana, ou postura da ponte. Deite-se com os joelhos dobrados, pés próximos dos quadris, braços ao lado do corpo. Inspirando, levante vértebra por vértebrada coluna começando pelo cóccix, formando um arco. Mantenha os ombros no chão e não vire a cabeça. Expirando, desça devagar.

Chacra manipura. Cor: amarelo. Localização: umbigo. Órgãos que rege: pâncreas e adrenais. Áreas da vida em que atua: poder pessoal, autoconfiança e força de vontade. Postura: ardha chakrasana, ou postura da meia roda. De pé, eleve os braços devagar com a palma das mãos voltada uma para a outra. Confortavelmente se estique para trás alongando braços e pescoço. Mantenha as coxas contraídas e as pernas bem esticadas, sem dobrar os joelhos.

Chacra anahata. Cor: verde. Localização: centro do peito. Órgão que rege: timo. Áreas da vida em que atua: amor, compaixão e autoaceitação. Postura: pose mahavirasana, ou postura de mahavira. Comece de pé. Coloque a perna direita para a frente e dobre o joelho. Estique a perna esquerda para trás. Inspirando, apoie as mãos no joelho e empurreos ombros para trás, alongando e expandindo o peito. Lembre-se de alternar as pernas.
Chacra vishuddha. Cor: azul. Localização: base do pescoço. Órgão que rege: tireoide. Áreas da vida em que atua: comunicação e clareza de ideias. Postura: salamba sarvangasana, ou postura da vela. Deitado de barriga para cima, eleve as pernas em direção ao teto apoiando os quadris nas mãos e o queixo no peito. Tente ficar o mais reto possível. Para sair da pose, deixe os pés caírem um pouco para a frente, e então desenrole a coluna vértebra por vértebra, focando o alongamento na parte de trás das coxas.

Chacra ajna. Cor: índigo. Localização: entre as sobrancelhas. Órgão que rege: glândula pituitária. Áreas da vida em que atua: intuição, sabedoria e fé. Postura: sash tan gadan dawatasana, ou postura da prostração espiritual. Deitado de barriga para baixo, leve os braços para a frente, cruzando os pulsos. A ênfase é dada na atenção à respiração, que deve ser sentida nas costas. Esta postura é utilizada para intensificar a conexão com mestres espirituais.

Chacra sahaswara. Cor: violeta. Localização: topo da cabeça. Órgão que rege: glândula pineal. Áreas da vida em que atua: conexão espiritual, iluminação e vibração divina. Postura: chaturanga dandasana, ou postura da prancha. De barriga para baixo, deixe as pernas esticadas, com os calcanhares para cima. Coloque a palma das mãos no chão ao lado das costelas flutuantes. Eleve o tronco o suficiente para que os cotovelos e os ombros estejam alinhados numa linha paralela ao chão