Pular para o conteúdo principal

Viver-Bem/ Bem Estar

Viver-Bem/ Bem Estar


Aprender a rir de si mesma, saber cair e levantar e ser otimista transforma seu dia a dia

A maneira como você encara a vida é uma escolha totalmente sua. Você pode ficar com raiva ou respirar e tomar a atitude correta. Que tal uma transformação?


Ser otimista e resiliente só aumenta as  possibilidades ao seu redor
Foto: Getty Images
Passar por dificuldades e chateações não é exclusividade de ninguém. De um jeito ou de outro, todo mundo encara algum tipo de problema na vida. O que faz a diferença é o modo como cada pessoa lida com as situações. Exemplo: recebeu uma crítica pesada do seu chefe? Você pode escolher entre ficar com raiva, ter vontade de pedir demissão na hora ou parar para pensar se o que ele falou pode ajudar você a se tornar uma profissional melhor. Investindo num bom diálogo com ele, você pode conseguir dicas de bons cursos para fazer ou ajuda para melhorar seu rendimento. Ser otimista e resiliente (não se deixar abater) só aumenta as  possibilidades ao seu redor. “Também é um jeito de se tornar mais feliz, pois, mesmo sofrendo os impactos que a vida traz, é possível transformar isso em força para levantar e seguir adiante”, lembra a psicóloga Miriam Barros, de São Paulo. Aquele velho ditado que manda fazer do limão uma limonada é a pura verdade.

Hora de se superar!
Algumas pessoas nascem com uma maior ou menor sensibilidade ao sofrimento mas, independentemente da herança genética, é possível se tornar mais resiliente ao longo da vida por meio do contato com a família e das experiências. Procure desenvolver em você:
- Esperança de que as coisas podem melhorar.
- Otimismo na forma de enxergar a realidade.
- Persistência diante dos obstáculos do cotidiano.
- Tolerância a frustrações.
- Autoconfiança e autoestima sempre positivas.
- Flexibilidade.
- Controle dos impulsos e capacidade de administrar as emoções.

Você sabia?
Emprestado da física, o termo resiliência significa o poder que um determinado material possui de se recompor após sofrer um choque (pense numa esponja que é apertada e, em seguida, volta ao normal). Na psicologia, a resiliência é utilizada para descrever a capacidade que as pessoas têm de sofrer decepções, traumas, doenças e, depois, se recuperar
.

Postagens mais visitadas deste blog

DESENHO DE BONECAS-MENINAS-IMAGENS

DESENHO DE BONECAS-MENINAS-IMAGENS-





























































atores (delícias!)

CELEBRIDADES
Descamisados: atores (delícias!) tiram a camisa em nome de seus personagens no cinema
Rodrigo Santoro Claro que não poderia faltar uma beleza nacional, pois não só de tanquinhos gringos é feito o cinema. Rodrigo encantou a mulherada (e Cameron Diaz) no filme "As Panteras Detonando".

Kellan Lutz
Ele é mais que um rostinho bonito. É também um corpaço lindo. Essa outra delícia da saga "Crepúsculo" tira a camisa em cenas do longa épico "Imortais". E aguardem que vem mais por ai! Em 2014 ele será a estrela de "Hércules".











Justin Timberlake Com mais fama de bom moço do que de gostosão, no filme "Amizade Colorida" Justin mostra que pode arrancar mais que boas risadas de Mila Kunis. Com o torso bem definido, a gente não duvida!
















poemas-frases-pensamentos-Síndrome do Pânico

poemas-frases-pensamentos
Síndrome do Pânico

Vamos, não chores.
A infância está perdida.
A mocidade está perdida.
Mas a vida não se perdeu.

O primeiro amor passou.
O segundo amor passou.
O terceiro amor passou.
Mas o coração continua.

Perdeste o melhor amigo.
Não tentaste qualquer viagem.
Não possuis carro, navio, terra.
Mas tens um cão.

Algumas palavras duras,
em voz mansa, te golpearam.
Nunca, nunca cicatrizam.
Mas, e o humor?

A injustiça não se resolve.
À sombra do mundo errado
murmuraste um protesto tímido.
Mas virão outros.

Tudo somado, devias
precipitar-te, de vez, nas águas.
Estás nu na areia, no vento...
Dorme, meu filho.

Carlos Drummond de Andrade

(Via Geraldo Magno)