terça-feira, setembro 03, 2013

Bem-estar › Viver bem-saúde

Ter amigos alivia a ansiedade e o estresse

Conviver com gente de quem você gosta traz benefícios incríveis para sua saúde e deixa a vida muito mais divertida


Sabia que ter bons amigos tem influência em sua espiritualidade?
Aquele sentimento bom que as amizades verdadeiras proporcionam pode fazer muito bem à saúde. Mesmo que tenham problemas e opiniões diferentes, amigas de verdade encaram tudo com humor e contam com o mais importante: o apoio uma da outra. "Amizade é uma relação tão profunda que mexe positivamente com o corpo e até o espírito", diz o pesquisador Ricardo Monezi.

Veja como essa relação pode fazer bem a você:
· Quanto mais amigos você tem, menos solidão sente, por isso tem menos chance de desenvolver ansiedade e depressão.
· Sabia que ter bons amigos tem influência em sua espiritualidade? Quando uma pessoa está mal, seja por luto, separação de alguém ou dificuldade, a ajuda de pessoas queridas pode dar um novo sentido às experiências da vida. Mesmo que a fé esteja abalada, a pessoa que se sente amada volta a acreditar em forças superiores e até em si mesma.
    

Os benefícios à saúde!
    
· Estudos confirmam: quem convive com mais gente tem o organismo funcionando melhor!
· A amizade pode favorecer o funcionamento de órgãos como o coração, que trabalha melhor e reduz riscos de problema cardíaco.
· A troca de afeto verdadeiro ajuda a diminuir a liberação de alguns hormônios relacionados ao estresse, como cortisol e adrenalina. Basta falar ao telefone com alguém querido depois de um dia estressante que você já se sente melhor rapidinho.
· O bem-estar após um passeio com um amigo é gerado pela liberação de serotonina.
· A amizade fortalece o sistema de defesa do corpo. Uma pessoa com bons amigos fica menos doente. Também está comprovado que a amizade melhora a vida de quem tem câncer, diabetes e até Aids.

Amizade entre homens e mulheres: existe mesmo?

Homens e mulheres são muito diferentes. O legal de ter um amigo do sexo oposto é que ele pode complementar sua maneira de pensar e dar uma outra opinião. Só que, após uma amizade muito profunda, podem se desdobrar sentimentos como o amor. As pessoas precisam ter cuidado e avaliar se existe segurança para que o amor evolua ou se é apenas carência.