Pular para o conteúdo principal

AUTO-AJUDA- BEM ESTAR -SAÚDE - SONO

AUTO-AJUDA - BEM ESTAR -SAÚDE - SONO


Adote a técnica da visualização e ponha mais energia no seu dia

A técnica da visualização pode ajudar você a ter mais energia ao longo do dia usando apenas a concentração e a fantasia. Ela também funciona para melhorar o sono, livrar-se de mágoas e preocupações...


O primeiro passo é procurar um lugar calmo e relaxar
Nos exercícios de visualização, corpo, mente e emoções estão totalmente integrados. "Tudo o que imaginamos provoca uma reação no nosso organismo, que nos afeta positiva ou negativamente", afirma a psicoterapeuta holística Célia Lima, consultora do site Personare. "Imaginar uma situação estressante ativa a adrenalina, hormônio que desencadeia contração muscular e aceleração dos batimentos cardíacos", diz.

Segundo a psiquiatra Mônica Cereser, do Centro Psicológico de Controle do Stress (CPCS), fantasiar momentos agradáveis libera no cérebro endorfina, ocitocina e dopamina, substâncias que geram satisfação física e emocional, ajudando a domar o stress e a desenvolver o autocontrole. Quanto mais prazerosas as cenas visualizadas, mais bem-estar o organismo sentirá. "Embora os temas das visualizações sejam muito particulares - afinal, as pessoas respondem a estímulos diferentes -, cenas de paisagem com mar e montanhas, ou de um abraço demorado em alguém querido, geralmente são as mais relaxantes", explica Célia. Uma das formas mais eficazes de contatar a imaginação é orientá-la conscientemente. "No início pode não ser tão fácil porque as preocupações tendem a povoar os pensamentos. Nessa hora, a dica é se imaginar colocando as coisas negativas numa lixeira e retomar a visualização, focando nos pensamentos produtivos", enfatiza Mônica.

Conheça exercícios que favorecem uma vida tranquila, ensinados por Célia, Mônica e também pela acupunturista Diana Prem, professora de ayurveda (SP). O segredo para que funcionem está na sua capacidade de entrar ao máximo na cena que a imaginação cria, sentindo cheiros, sabores, texturas, ouvindo sons e vendo vivamente as imagens. E você pode lançar mão dessa ferramenta sempre que precisar. Boa viagem!


RAIVA SOB CONTROLE 

Relaxe, sente-se ou deite-se e respire profundamente.

- Mesmo que não possa sair do local, imagine que está deixando a situação que a aborrece.

- Pense em algo prazeroso, como uma caminhada na praia, por exemplo. Sinta cada detalhe.

- Quando se deparar com um sentimento bom, abra os olhos - você estará mais tranquila.


SONO TRANQUILO

Escolha um lugar calmo, silencioso e a meia-luz. Se quiser, coloque uma música suave ou sons da natureza.

- Deite e relaxe todo o corpo, principalmente a musculatura em torno dos olhos.

- Respire lenta e profundamente por três vezes.

- Imagine que você está numa praia ou na relva, vendo no horizonte todas as nuances de cores do pôr do sol, e acompanhando esse espetáculo da natureza.

- Pense nos últimos raios de sol tocando o seu corpo e sinta esse calor morno. Lembre-se de entrar na cena o máximo que puder.

- Geralmente as pessoas pegam no sono antes mesmo de terminada a visualização.


ENERGIA EM ALTA

Acomode-se num lugar tranquilo, sentada ou deitada, e feche os olhos.

- Respire fundo e relaxe cada parte do seu corpo.

- Imagine que você está pertinho da natureza.

- Prepare-se para um mergulho, com o corpo nu, numa corredeira agitada.

- Sinta a temperatura da água gelada e deixe o seu corpo ser movimentado de acordo com o balanço das águas.

- Mergulhe e suba à tona como um golfinho. Mergulhe novamente e veja a luz do sol através da transparência da água cristalina.

- Visualize o seu sorriso e a sua felicidade ao sentir o corpo cheio de energia.

- Abra os olhos lentamente e sinta-se a postos, pronta para desenvolver os seus afazeres.


SEM MÁGOA OU PREOCUPAÇÃO


Sente-se confortavelmente, com a coluna reta, e coloque uma música agradável.

- Inspire profundamente e visualize a cor dourada. Imagine que a energia de amor, paz, saúde e vitalidade contida nessa cor entra no seu corpo através do ar.

- Ao expirar, solte todo o ar e também as suas cargas emocionais. Visualize que dor, raiva, mágoa, medo, ansiedade, angústia e sofrimento estão sendo eliminados.

- Faça, no mínimo, dez repetições desse ciclo. Depois fique sentada, permitindo que pensamentos, emoções e sensações passem por você, sem fixar-se neles.

- O ideal é fazer o exercício de dez a 15 minutos.


PERSISTA!

Caso o pensamento fuja da proposta inicial, recomece do zero, fazendo uma nova sequência de respiração e relaxamento. A tendência é conquistar o objetivo. Como se trata de um exercício, quanto mais se pratica, mais fácil fica
.

Postagens mais visitadas deste blog

DESENHO DE BONECAS-MENINAS-IMAGENS

DESENHO DE BONECAS-MENINAS-IMAGENS-





























































atores (delícias!)

CELEBRIDADES
Descamisados: atores (delícias!) tiram a camisa em nome de seus personagens no cinema
Rodrigo Santoro Claro que não poderia faltar uma beleza nacional, pois não só de tanquinhos gringos é feito o cinema. Rodrigo encantou a mulherada (e Cameron Diaz) no filme "As Panteras Detonando".

Kellan Lutz
Ele é mais que um rostinho bonito. É também um corpaço lindo. Essa outra delícia da saga "Crepúsculo" tira a camisa em cenas do longa épico "Imortais". E aguardem que vem mais por ai! Em 2014 ele será a estrela de "Hércules".











Justin Timberlake Com mais fama de bom moço do que de gostosão, no filme "Amizade Colorida" Justin mostra que pode arrancar mais que boas risadas de Mila Kunis. Com o torso bem definido, a gente não duvida!
















poemas-frases-pensamentos-Síndrome do Pânico

poemas-frases-pensamentos
Síndrome do Pânico

Vamos, não chores.
A infância está perdida.
A mocidade está perdida.
Mas a vida não se perdeu.

O primeiro amor passou.
O segundo amor passou.
O terceiro amor passou.
Mas o coração continua.

Perdeste o melhor amigo.
Não tentaste qualquer viagem.
Não possuis carro, navio, terra.
Mas tens um cão.

Algumas palavras duras,
em voz mansa, te golpearam.
Nunca, nunca cicatrizam.
Mas, e o humor?

A injustiça não se resolve.
À sombra do mundo errado
murmuraste um protesto tímido.
Mas virão outros.

Tudo somado, devias
precipitar-te, de vez, nas águas.
Estás nu na areia, no vento...
Dorme, meu filho.

Carlos Drummond de Andrade

(Via Geraldo Magno)