quinta-feira, agosto 01, 2013

poema- poesia - frase

poema- poesia - frase

A sopa de Pedro


ilustração, quintal, conto, a sopa de pedro (Foto: Ilustração: Lúcia Brandão)
Pedro saiu de casa.
Pedro viu a pedra no chão.
Pedro pegou a pedra.
Pedro pensou.
E olhou para o muro.
O menino pensou no muro.
Pedro pegou uma lata.
E encheu a lata com água.
Colocou capim na lata.
E também pôs a pedra.
Pedro mexeu sua sopa.
E deixou a lata encostada no muro.
Muros devem gostar de sopa de pedra.

autores
LÚCIA BRANDÃO adora animais e plantas. Sempre que pode, cuida de cachorros de rua para destinar a famílias amorosas. Ela dá um conselho especial às crianças: nunca parem de desenhar!
ANDRÉ MOURA existem duas coisas que esse escritor ama loucamente: chocolates e histórias. Das histórias, ele gosta de ouvir, ler e escrever. Desde criança, sempre teve a imaginação solta. Dos chocolates, ele gosta mesmo de comer.