Pular para o conteúdo principal

SAÚDE E ALIMENTAÇÃO

INVERNO PEDE UM CHÁ QUENTINHO

Curta o frio bebendo chás terapêuticos ou simplesmente saborosos

 
Para passar este inverno com saúde e disposição não perca a chance de aquecer sua família de todas as formas: escalda-pés, bolsas térmicas, meias e roupas quentes. E, claro, abuse dos chás! Eles são excelentes companhias nas horas de pausa, recolhimento, encontro ou aconchego... Podem ser terapêuticos ou simplesmente saborosos. Dependendo do que você precisa, há um tipo diferente.
Algumas dicas para um bom chá:
  • Os chás de ervas, também conhecidos como tisanas, não devem ser fervidos, assim que a água entrar em ebulição, adicione as ervas, desligue o fogo e abafe por pelo menos 5 minutos.
  • Os chás de especiarias podem ser fervidos para que peguem mais gosto.Se você puder, compre as ervas secas ou frescas soltas, por quilo. Você as encontra nas feiras livres, nos mercados municipais ou nas lojas de produtos naturais. Elas são muito mais frescas, saborosas e normalmente têm suas propriedades terapêuticas mais preservadas do que os chás de saquinho.
  • Antes de adoçar, experimente seu chá puro e descubra as sutilezas do seu sabor!
Aqui vão algumas sugestões, mas não se acanhe de inventar seus próprios chás!
Para começar o dia:
  • Chá verde - é um bom substituto do café, pois também contem cafeína. É também um bom desintoxicante. Experimente fazer uma infusão de 1 pitada de chá verde com algumas folhas de erva-cidreira.
Para acompanhar uma boa conversa:
  • Chá de maçã - muito saboroso, combina bem com biscoitos ou bolos simples.Use maçã seca, canela em pau, cravo-da-índia e um bom pedaço de casca de laranja.
  • Chá de rosas - muito chique, para tomar com as amigas!Faça a infusão com rosas secas e coloque um dedinho de água de rosas depois de pronto.
  • Tchai - é o típico chá indiano, eles tomam tanto tchai como os outros povos tomam café. Ferva no leite por 3 minutos: canela, cravo-da-índia, vagens de cardamomo, gengibre (pouco), anis estrelado, zimbro e açúcar mascavo a gosto. Depois, adicione chá preto ou chá de jasmim e abafe por 5 minutos.
Digestivos:
  • Banchá - é o "chá japonês". O mesmo que o chá verde, mas as folhas são envelhecidas por pelo menos três anos. Por ser altamente alcalinizante, também é indicado contra azia.
  • Chá de especiarias Ayurvédico - recomendado para ativar o "fogo" da digestão. Indicado para quem tem digestão lenta, gases ou mau-hálito. Ferva paus de canela, alguns cravos-da-índia, vagens de cardamomo e 1 dedinho de gengibre. Podem ser tomadas várias xícaras ao longo do dia.
  • Erva-doce - puro ou com canela, é uma delícia!
Para dormir como um anjo:
  • Camomila - experimente adicionar à camomila algumas folhas de manjericão. É extremamente calmante.
  • Cidreira - por ter um sabor suave e adocicado é muito indicado para as crianças também
    .

Postagens mais visitadas deste blog

DESENHO DE BONECAS-MENINAS-IMAGENS

DESENHO DE BONECAS-MENINAS-IMAGENS-





























































atores (delícias!)

CELEBRIDADES
Descamisados: atores (delícias!) tiram a camisa em nome de seus personagens no cinema
Rodrigo Santoro Claro que não poderia faltar uma beleza nacional, pois não só de tanquinhos gringos é feito o cinema. Rodrigo encantou a mulherada (e Cameron Diaz) no filme "As Panteras Detonando".

Kellan Lutz
Ele é mais que um rostinho bonito. É também um corpaço lindo. Essa outra delícia da saga "Crepúsculo" tira a camisa em cenas do longa épico "Imortais". E aguardem que vem mais por ai! Em 2014 ele será a estrela de "Hércules".











Justin Timberlake Com mais fama de bom moço do que de gostosão, no filme "Amizade Colorida" Justin mostra que pode arrancar mais que boas risadas de Mila Kunis. Com o torso bem definido, a gente não duvida!
















poemas-frases-pensamentos-Síndrome do Pânico

poemas-frases-pensamentos
Síndrome do Pânico

Vamos, não chores.
A infância está perdida.
A mocidade está perdida.
Mas a vida não se perdeu.

O primeiro amor passou.
O segundo amor passou.
O terceiro amor passou.
Mas o coração continua.

Perdeste o melhor amigo.
Não tentaste qualquer viagem.
Não possuis carro, navio, terra.
Mas tens um cão.

Algumas palavras duras,
em voz mansa, te golpearam.
Nunca, nunca cicatrizam.
Mas, e o humor?

A injustiça não se resolve.
À sombra do mundo errado
murmuraste um protesto tímido.
Mas virão outros.

Tudo somado, devias
precipitar-te, de vez, nas águas.
Estás nu na areia, no vento...
Dorme, meu filho.

Carlos Drummond de Andrade

(Via Geraldo Magno)