sexta-feira, julho 05, 2013

Autoajuda

5 comportamentos que atraem a sorte

A sorte não é fruto do acaso. Sabia que mudar alguns comportamentos pode atrair mais sorte e manter o azar longe da sua vida? Veja o que você deve fazer já!


Ter um trevo de quatro folhas na carteira é um começo. Mas é possível ter controle sobre a própria sorte
Pular sete ondas, cruzar os dedos, ter um trevo de quatro folhas na carteira ou dar o primeiro passo com o pé direito. Quem já não tomou uma dessas atitudes para atrair mais sorte? É verdade que não dá para ter controle sobre tudo na vida mas, em vez de ficar refém de superstições e do acaso, o jornalista Max Gunther defende que você pode, sim, influenciar e fazer a roda da fortuna girar a seu favor.

"Sua sorte não é tão aleatória quanto supõe", escreve Gunther no livro O Fator Sorte (Ed. Best Business, R$ 29,90), inédito no Brasil. "Você pode se posicionar de tal modo perante a vida que as suas chances de encontrar a boa sorte e evitar a má sorte aumentarão de forma significativa", afirma o autor.

Segundo ele, as pessoas sortudas têm cinco características que as diferenciam - muito - das azaradas. Quer saber quais são? Boa leitura e boa sorte!


Agir com precaução

Por mais contraditório que pareça, as pessoas sortudas, segundo Gunther, não são exatamente otimistas. Elas, na verdade, mantêm até um certo pessimismo: se arriscam em coisas novas, mas, antes de entrarem em qualquer negócio, por exemplo, refletem e planejam o que podem fazer se algo der errado. Dessa maneira não baixam a guarda e, diante de qualquer princípio de má sorte, colocam o plano B em ação. Da mesma forma, aproveitam quando a fortuna lhes sorri e não deixam passar a oportunidade.


Ser sociáveis

Quem tem sorte em geral mantém uma grande rede de contatos. Conversa com muitas pessoas, o que inclui papos com desconhecidos na fila do supermercado. Como isso pode ajudar? Tendo muitos conhecidos, os sortudos aumentam as chances de boas oportunidades (e da sorte) chegarem até eles. Por exemplo: um colega pode comentar a respeito de uma vaga de emprego aberta, uma circunstância que talvez seja a sua chance de crescer na carreira. "Uma aranha tece muitas teias para pegar moscas. E, quanto maior a teia, melhor será a sua refeição", compara Max Gunther.


Não deixar a má sorte piorar

Em vez de ficar reclamando que está com problemas, quem é sortudo encara com coragem a situação e, sem drama, geralmente admite que estava errado. Além disso, essas pessoas praticam o desapego: abrem mão de seus investimentos, sejam financeiros ou amorosos, quando as coisas não estão indo bem. Já as azaradas tendem a insistir em situações que muitas vezes estão fadadas ao fracasso, à espera de que as coisas melhorem.


Ser mais ousadas

Você tem medo de correr riscos? As pessoas com sorte não, segundo Gunther. Seguem o velho ditado: "quem não arrisca, não petisca". Ao contrário dos azarados, os afortunados ficam atentos para perceber e aproveitar as oportunidades que surgem, mesmo que isso signifique mudar um pouco a rota que tinham planejado para suas vidas. Já pensou que aí é que pode estar a sua grande chance?


Escutar a intuição


Os sortudos prestam atenção à voz interior para tomar decisões, respeitam e levam em consideração seus sentimentos. "Todo mundo pode aproveitar os seus talentos intuitivos", garante Gunther. Mas nada de escutar apenas sua intuição e agir por impulso, ok? É preciso analisar a situação e se dedicar ao assunto que você tem pela frente. Palpitar só por palpitar pode significar um golpe na sua sorte. "Primeiro tente se decidir com base em dados conscientemente conhecidos. Depois, se não puder, recorra à intuição", completa o autor.