sábado, junho 15, 2013

MODA

Regras básicas para comprar lingerie

 Mulher vestindo meia calça

Conforto é palavra-chave

A boa lingerie não é só a que se molda ao seu corpo, mas a que combina com a sua personalidade. Se não faz o tipo gostosona, por exemplo, certamente não se sentirá confortável em um modelo fio dental, transparente ou de oncinha. E, se não está confortável, não transparecerá sua beleza e sua sensualidade.

Alça de sutiã aparecendo? Cuidado!

As alças de sutiã só podem ficar à mostra se compuserem o look. Podem aparecer, basicamente, as coloridas, que deixam o visual divertido - e sempre num contexto onde fazem sentido, ou seja, numa produção toda alegre. Mesmo as de silicone devem ficar escondidas sob a roupa e ter a mesma espessura das alças da blusa.

Todo cuidado é pouco na hora de usar roupas claras ou tecidos leves. Nada de combinar aquele vestido branco com lingerie preta ou escolher um sutiã branco para vestir blusas mais fininhas.

Quilinhos extras pedem cuidados especiais

Tangas são indicadas para donas de bumbuns pequenos e pouco quadril. Mulheres com ancas largas ficam melhor com modelos igualmente amplos. Isso porque as laterais finas das tangas marcam a pele e formam dobras na pele.
Mulher de lingerie

Lingerie boa não marca a pele

Se a lingerie aperta sua pele e forma dobrinhas, o tamanho está errado. É importante também procurar peças com costuras mais suaves para não que nada fique marcado em sua roupa. Ninguém quer destacar aquelas dobrinhas nem um pouco desejáveis!