Pular para o conteúdo principal
MODA-

Como Escolher Jeans 2






Corpo Ampulheta: Ombros e quadril da mesma largura e cintura estreita.
Corpo Oval: Ombros, quadril e cintura da mesma largura.
Pera: Quadril mais largo, seio e ombros pequenos.
Triangulo: Ombros largos e cintura estreita. 

Definida esta parte, procure o jeans que te valorize, entendendo que nem sempre o que está na moda serve para você, ou vai valorizar o que você tem de melhor. Quando for escolher um jeans, preste atenção em alguns itens antes: cós, bolso, lavagem, largura da boca da calça. Estes itens é que vão dar equilíbrio ao teu quadril, a parte mais valorizada no jeans, portanto defina o que pretende valorizar:

Corpo violão: Calças baixas e pernas justas, como as calcas estilo capri.

Bumbum grande: Jeans largo no quadril e bolsos grandes, de preferência, com lavagem escura. 

Bumbum pequeno: Jeans com muitos bolsos, aplicações e com lavagem clara.

Corpo quadrado: Se você trem quadril e cintura reta use jeans de cós baixo.

Coxa grossa: Evite jeans muito justo, modelo skinny ou cigarrete, prefira jeans reto e sem bolso frontal.

Pernas Compridas: Evite calças de boca larga, prefira as de boca fina, e use a calça dobrada.

Baixinhas: 
Para ter um efeito de perna alongada, criando a ilusão de uns centímetros a mais, as mais baixinhas devem apostar em calças jeans de corte reto e de cintura não muito baixa. Ainda assim, a cintura também não deve ser demasiada alta, para não deixar o tronco menor. Mulheres de baixa estatura devem evitar calças jeans com muitos detalhes, e no estilo corsário, que fazem com que as pernas pareçam mais curtas. O jeans deve ser usado com salto alto, para deixar uma silhueta alongada.

Mulheres altas
As mulheres mais altas podem usar, e abusar, de praticamente todos os modelos de calças jeans, adequando a cada situação. Modelos retos, boca de sino ou skinny jeans, assentam perfeitamente nas mulheres mais altas. No caso de ser realmente alta, é uma boa apostar em jeans de cintura baixa, que irá ajudar a equilibrar as proporções, entre tronco e pernas.

Mulheres acima do peso
Mulheres mais gordinhas devem evitar as modernas skinny jeans, e apostar nos jeans de cortes reto, que ajudam a criar uma ilusão de maior equilíbrio, além de deixar a silhueta mais alongada. Optar por calças jeans mais escuras é também uma boa forma de parecer mais magra, já que as cores mais claras criam a ilusão de maior volume. Evite muitos detalhes, aplicações e bolsos, especialmente nas laterais. A cintura não deve ser muito baixa e nem muito alta.

Mulheres magras
Já que a ideia é criar a ilusão de maior volume, as mulheres mais magras devem apostar nas calças de cintura alta, que irão ajudar a criar mais curvas, especialmente nos quadris. O formato boca de sino é uma boa opção para este tipo de silhueta, podendo incluir aplicações, bolsos, rasgões e outros efeitos.




















Postagens mais visitadas deste blog

DESENHO DE BONECAS-MENINAS-IMAGENS

DESENHO DE BONECAS-MENINAS-IMAGENS-





























































atores (delícias!)

CELEBRIDADES
Descamisados: atores (delícias!) tiram a camisa em nome de seus personagens no cinema
Rodrigo Santoro Claro que não poderia faltar uma beleza nacional, pois não só de tanquinhos gringos é feito o cinema. Rodrigo encantou a mulherada (e Cameron Diaz) no filme "As Panteras Detonando".

Kellan Lutz
Ele é mais que um rostinho bonito. É também um corpaço lindo. Essa outra delícia da saga "Crepúsculo" tira a camisa em cenas do longa épico "Imortais". E aguardem que vem mais por ai! Em 2014 ele será a estrela de "Hércules".











Justin Timberlake Com mais fama de bom moço do que de gostosão, no filme "Amizade Colorida" Justin mostra que pode arrancar mais que boas risadas de Mila Kunis. Com o torso bem definido, a gente não duvida!
















poemas-frases-pensamentos-Síndrome do Pânico

poemas-frases-pensamentos
Síndrome do Pânico

Vamos, não chores.
A infância está perdida.
A mocidade está perdida.
Mas a vida não se perdeu.

O primeiro amor passou.
O segundo amor passou.
O terceiro amor passou.
Mas o coração continua.

Perdeste o melhor amigo.
Não tentaste qualquer viagem.
Não possuis carro, navio, terra.
Mas tens um cão.

Algumas palavras duras,
em voz mansa, te golpearam.
Nunca, nunca cicatrizam.
Mas, e o humor?

A injustiça não se resolve.
À sombra do mundo errado
murmuraste um protesto tímido.
Mas virão outros.

Tudo somado, devias
precipitar-te, de vez, nas águas.
Estás nu na areia, no vento...
Dorme, meu filho.

Carlos Drummond de Andrade

(Via Geraldo Magno)