quinta-feira, julho 25, 2013

família -comportamento

família 

Cuidado com o que você fala na frente das crianças

Nem tudo deve chegar aos olhos e ouvidos de seus filhos. Veja como poupá-los de assuntos de adultos 

É bem provável que na sua época de menina você tivesse que sair da sala quando os mais velhos queriam conversar sobre algo sério ou quando a novela das oito entrava no ar. Atualmente, os pais são mais flexíveis com os pequenos, talvez até em excesso. “Muitos pais acham que têm que ser apenas amigos dos filhos e que isso exige tratamento de igual para igual. Mas, na verdade, eles são modelos. E, como as crianças são um terreno fértil, tudo o que cai nelas pode semear”, diz Rosana Galihna, terapeuta familiar. Por isso é tão importante medir as palavras na frente delas. Entenda por quê.
Onde mora o perigo
Segundo a especialista, é preciso cuidado com o que se fala na frente dos filhos e também com o que eles veem na TV ou na internet. Comentar, por exemplo, que a vizinha transa com muitos homens pode ser normal entre adultos, mas não é saudável para os menores. Crianças não têm maturidade para lidar com esse tipo de informação. O mesmo vale para cenas fortes de filmes e novelas. “A exposição ao sexo na infância traz uma sexualização antes da hora e indesejada”, explica. A televisão está cheia, também, de outros temas negativos, como a falta de caráter de personagens de novelas e a violência nua e crua no noticiário. “As crianças absorvem e guardam a informação. Depois, isso aparece no comportamento delas, como por meio de agressividade ou crueldade exageradas”, diz Rosana.
3 motivos para evitar palavrões em casa
1 Se seus pequenos ouvem as pessoas se xingarem, podem pensar que isso é normal e agir do mesmo modo na escola. Quando levarem bronca, não entenderão o motivo. Cuide para que eles não sejam julgados por má educação fora de casa.
2 Crianças não entendem direito o real significado das palavras chulas e acabam caindo no ridículo ao repetir coisas sem compreendê-las. Evite que seus filhos se exponham ao mundo dessa maneira negativa.
3 O modelo familiar em que seus filhos crescem servirá de base para a família que construirão no futuro. Talvez, lá na frente, as pessoas com quem eles viverem não aceitem isso, dificultando seus relacionamentos.